OHL Brasil e Aena participarão de leilão de aeroportos

Empresas pretendem disputar os aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília

Rio de Janeiro – A OHL Brasil e a Aena Internacional firmaram uma parceria para entrada conjunta no processo de licitação dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos (SP) e Brasília (DF), previstos para dezembro, informou a subsidiária brasileira da espanhola OHL Concesiones nesta quinta-feira.

Segundo comunicado, a empresa espanhola, por meio de sua controlada, e a Aena Internacional constituirão um consórcio para participar do processo de licitação com o objetivo de ampliar, modernizar e operar os aeroportos concedidos.

A concessão de três dos maiores aeroportos brasileiros é a aposta do governo para viabilizar investimentos e aumentar a capacidade dos terminais, tendo em vista também o aumento da demanda prevista para eventos como a Copa do Mundo de 2014 e a as Olimpíadas de 2016.

A Aena Internacional faz parte do Grupo Aena, que atualmente administra 47 aeroportos e dois heliportos na Espanha e participa, direta e indiretamente, da administração de outros 27 aeroportos em todo o mundo.

A OHL Brasil é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com 3.226 quilômetros em operação através de suas nove concessionárias.

Com a confirmação do interesse da OHL Brasil em participar do leilão de concessão dos aeroportos, a companhia se junta a outras concessionárias do segmento de infraestrutura que devem participar do certame.

No início de outubro, a Ecorodovias e a Fraport anunciaram uma parceria para participar do leilão. A Fraport administra o aeroporto de Frankfurt –um dos 10 maiores do mundo em tráfego de passageiros e cargas– e outros 13 aeroportos na Europa, Ásia e Américas.

O Grupo Libra, que recentemente adquiriu o controle do Aeroporto Internacional de Cabo Frio (RJ), também disse no início de outubro que estuda a possibilidade de participar do evento.

A CCR também analisa a entrada em infraestrutura aeroportuária, e não descartou a possibilidade de participar do leilão.