OGX recebe sinal verde para iniciar produção de petróleo

Ibama concede licença para teste de longa duração no campo de Waimea

São Paulo – Depois de se comprometer, por escrito, a iniciar a produção em 23 de janeiro, a OGX deu mais um passo. O Ibama concedeu a licença de operação para o teste de longa duração no campo de Waimea, na Bacia de Campos.

A plataforma FPSO OSX-1, que será responsável pela operação, deixou o porto do Rio em 25 de dezembro, rumo à área em que ficará instalada. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira (2/1), a petrolífera de Eike Batista afirma que o poço que será testado já está pronto.

Segundo o cronograma divulgado pela OGX e pela OSX, a produção de petróleo começará em 23 de janeiro. É a primeira vez que as empresas assumem uma data, depois de sucessivos adiamentos.

O óleo produzido no teste será vendido para a Shell. O contrato prevê o fornecimento de 1,2 milhão de barris, divididos em dois lotes de 600.000. O acordo, fechado em outubro do ano passado, contém ainda uma carta de intenções para estudar oportunidades de compra e venda de gás e petróleo.