Tempo - e recursos - dedicados à solideridade

São Paulo -   Videoaulas para crianças de comunidades remotas, doações de sangue coletivas, plantio de árvores, construção de casas para populações em situação de emergência e até realização de sonhos de meninos e meninas com doenças graves.

Muitas empresas cedem horas de trabalho do seu pessoal para causas sociais e desenvolvem (ou apoiam)  políticas sérias de voluntariado - que vão muito além de doar dinheiro a instituições, recurso que pode ser parcialmente abatido em impostos. Conheça as ações de algumas delas.

Tópicos: Bank of America, Empresas, Bancos, Empresas americanas, Bancos de investimentos, Empresas alemãs, Bosch, Varejo, C&A, Fast fashion, Indústria de roupas, Dow , Embraco, Ericsson, Empresas suecas, Empresas de tecnologia, GE, Empresas suíças, Holcim, Mondelez, NET, TV a cabo, TV paga, Telecomunicações, Empresas mexicanas, Serviços, Empresas abertas, Santander, Empresas espanholas, Partidos políticos