Madri - A empresa espanhola Telefónica SA afirmou, neste domingo, que irá vender uma participação de 4,56% da China Unicom para a China United Network Communications Group por 1,13 bilhão de euros. Em comunicado ao mercado, a Telefónica disse que a venda planejada de mais de 1,07 bilhões de ações na China Unicom é parte da administração proativa de seu portfólio de ativos. Quando completar a transação de venda no final de julho, a Telefonica ficará com 5,01% da China Unicom. A venda de parte de sua participação na empresa é um esforço da empresa para reduzir seu endividamento.

No mês passado, a Telefonica divulgou resultados menores que o esperado, à medida que suas operações continuam a ser afetadas pela crise europeia, tornando mais difícil atingir suas metas para reduzir sua dívida apenas com parte de seu lucro operacional. Com os investidores estrangeiros aumentando sua aversão a colocar novos recursos em empresas espanholas, em função da crise, as ações da Telefónica caíram de forma rápida nos últimos meses.

Na Europa, a Telefónica está em processo de vender sua participação de 2% na Portugal Telecom. Além disso, ela está se preparando para vender a Rumbo, um serviço de reserva online, e Atento, uma empresa de telemarketing.

A expectativa é de que estes desinvestimentos gerem cerca de 1,5 bilhão de euros. A empresa também estuda a venda de outros ativos não estratégicos, ao mesmo tempo que poderá abrir o capital de algumas filiais na Alemanha e na América Latina para conseguir mais recursos. As informações são da Dow Jones.

Tópicos: Fusões e aquisições, Aquisições de empresas, Negociações, Telefônica, Empresas, Telecomunicações, Empresas espanholas, Serviços, Empresas abertas