Seul - A gigante de tecnologia Samsung Electronics alertou nesta quinta-feira para um possível enfraquecimento nos lucros esse ano, por vendas mais baixas de aparelhos como smartphones, uma tendência que também está atingindo a rival Apple e grandes fabricantes de chips.

A desaceleração do crescimento econômico na China e fraqueza nas moedas dos mercados emergentes estão reduzindo as vendas de eletrônicos, de televisões a computadores pessoais, causando problemas não somente para Samsung e Apple, mas também para suas fornecedoras e a indústria de maneira mais ampla.

"O amplo enfraquecimento da demanda por TI dificultará a manutenção dos lucros de 2016 no nível do ano anterior", disse a Samsung em declaração acompanhando seus resultados do quarto trimestre, adicionando que "condições de negócios desafiadoras" permaneceriam durante o atual trimestre e continuariam ao longo do primeiro semestre do ano.

A maior fabricante de smartphones e chips de memória disse que o lucro operacional de outubro a dezembro foi de 6,1 trilhões de wons (equivalentes a 5,05 bilhões de dólares), atingindo a projeção inicial.

A receita subiu 1,1 por cento, para 53,3 trilhões de wons, ligeiramente melhor que os 53,3 trilhões de wons que havia estabelecido como meta.

A fabricante dos smartphones e tablets Galaxy divulgou um lucro operacional para o ano de 2015 de 26,4 trilhões de wons, ante 25 trilhões no ano anterior.

A Samsung também disse que recomprará e cancelará o equivalente a 2,99 trilhões de wons em ações ordinárias e preferenciais, marcando a segunda rodada de recompra de ações como parte de um plano de recompra de 11,3 trilhões de wons anunciados no fim do ano passado.

A empresa também declarou um dividendo no fim do ano de 20 mil wons por ação.

Tópicos: Ásia, China, Empresas, Samsung, Indústria eletroeletrônica, Empresas coreanas, Empresas de tecnologia, Tecnologia