São Paulo - O presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Gustavo Diniz Junqueira, diz que a queda das ações da JBS na Bovespa nesta semana mostra um problema de compliance (governança corporativa) das empresas brasileiras.

"De maneira geral, o investidor não está mais avaliando se está barato ou se está caro. Ele não sabe a profundidade dos problemas que as empresas brasileiras como um todo podem ter nessa relação com o Estado (poder público)", disse ele ao Broadcast Agro (serviço de notícias em tempo real da Agência Estado) durante o lançamento da "Semana da Carne".

Sem entrar no mérito das investigações envolvendo a empresa e seus sócios, Junqueira disse que a existência de denúncia já é um possível motivo para afastar o investidor estrangeiro. "Mas o mercado é dinâmico e o agronegócio é mais ainda. Se surgirem problemas vão aparecer alternativas", afirmou.

Junqueira afirmou que o momento é crítico para o Brasil e para suas empresas. "O País está mostrando para o mundo uma face que o mundo não estava querendo ver. Exacerbando essa relação promíscua entre o privado e público, essa bomba estourou e o mundo começa a olhar o Brasil com descrença."

Tópicos: Empresas, Governança, Gestão, JBS, Carnes e derivados, Empresas abertas, Empresas brasileiras