Dubai - A Qatar Airways adiará o recebimento do superjumbo A380 até receber mais informações sobre as rachaduras nas asas do avião da Airbus, segundo afirmou o presidente-executivo da companhia aérea nesta segunda-feira.

Reguladores de segurança europeus ordenaram, em fevereiro, que a Airbus verificasse rachaduras nas asas do A380 em toda a frota do maior avião comercial do mundo, após engenheiros de segurança terem encontrado esse problema em quase todos os aviões inspecionados.

"A Qatar Airways terá que adiar a entrega do A380 programada para outubro de 2013 até receber uma posição clara sobre o problema das rachaduras nas asas, que estão sob processo de modificação pela Airbus", afirmou o presidente-executivo Akbar al Baker, em evento em Dubai.

A companhia tem um pedido de cinco aviões A380 pendentes e deveria receber a primeira unidade no próximo ano. Em janeiro, Al Baker afirmou que estava confiante de que a Airbus iria solucionar o problema, mas não descartou atrasar as entregas caso o problema persistisse.

Tópicos: Airbus, Empresas, Aviação, Empresas de tecnologia, Empresas holandesas, Setores, Setor de transporte, Veículos, Aviões, Transportes