Talvez os mais fiéis do mundo automotivo, os entusiastas de hot hatches agora têm um "rei" para contemplar. Uma eleição promovida em parceria entre os sites AutoCar e PistonHeads.com, além da fabricante de pneus Landsail Tyres, elegeu o Peugeot 205 GTi como o melhor hot hatch da história.

O anúncio foi feito durante o Performance Car Show, no Reino Unido, um evento destinado exclusivamente a modelos de alta performance.

A lista inicial foi elaborada pelo alto escalão das empresas. Da AutoCar, participaram o editor-chefe Steve Cropley, o piloto de testes Matt Prior e o colaborador Richard Bremner, enquanto o editor Dan Trent representou o PistonHeads.com. Os quatro elaboraram uma lista com 50 nomes, esta destinada para a votação do público, resultando nos dez hot hatches mais aclamados da história da indústria automobilística.

Estes estão sendo exibidos durante o evento no Reino Unido. O Peugeot 205 GTi foi o campeão da eleição, ficando à frente de grandes nomes como Lancia Delta HF Integrale, Ford Escort RS Cosworth e VW Golf GTI de primeira geração. A Renault venceu no quesito de mais carros classificados: foram três, entre eles dois Clio.

Veja abaixo os dez primeiros colocados:

1. Peugeot 205 GTi
2. Lancia Delta HF Integrale
3. Ford Escort RS Cosworth
4. Volkswagen Golf GTI MK1
5. Renault Clio Williams
6. Renault Clio 182 Trophy
7. Volkswagen Golf GTI MK2
8. Renault 5 GT Turbo
9. Ford Focus RS MK1
10. Talbot Lotus Sunbeam

Lançado em 1984, o Peugeot 205 GTi é um grande divisor de águas na história de Peugeot, iniciando a vocação da marca para modelos esportivos. O hatch pesava leves 850 kg, o que acentuava o poder dos motores 1.6 e 1.9 - este último com 130 cv de potência.

"O 205 GTi era imbatível graças à sua verve de direção afiada, engates perfeitos, entrega de potência urgente e dirigibilidade deliciosa. E ainda era um carro prático para o dia-a-dia", diz Richard Bremmer, curador da exposição chamada Hot Hatch Nirvana.

O modelo ganhou ainda mais notoriedade com a apresentação do 205 T16. Baseado no 205 GTi, o modelo teve apenas 200 unidades produzidas com permissão para rodar em vias públicas e se consagrou campeão de diversos campeonados de rally por três anos consecutivos (1984, 1985 e 1986) nas mãos dos pilotos Ari Vatanen, Timo Salonen, Juha Kankkunen e Bruno Saby. Seu conjunto mecânico unia um motor de 16V turbo com 200 cv de potência montado transversalmente em posição central, aliado a uma tração integral e carroceria alargada.

Tópicos: Carros, Autoindústria, Veículos, Carros esportivos, Guia de Carros, Montadoras, Peugeot, Empresas, Peugeot Citroën, Empresas francesas