São Paulo – Sérgio Bermudes, o advogado que entrou com o pedido de recuperação judicial da petroleira OGX nesta quarta-feira (30), explicou, em entrevista ao The Wall Street Journal que a empresa de Eike Batista tem chances de escapar dos problemas financeiros que a rondam.

“A petrolífera tem muitos recursos e pode formar parcerias com outras empresas”, garante Bermudes à publicação americana.

No final da tarde de hoje, a quarta vara empresarial do Rio de Janeiro confirmou ter recebido o pedido de recuperação judicial por parte da empresa.

Se o tribunal acatar a solicitação, a OGX terá 60 dias para traçar um plano de reestruturação das dívidas. Após esse processo, os credores contarão com mais 30 dias para aprovar a proposta, ou não.

Com dívidas estimadas em cerca de 4 bilhões de dólares, a petroleira entra em recuperação judicial por conta de um valor muito menor. 

Trata-se dos 45 milhões de dólares que a companhia deixou de pagar a detentores de títulos da sua dívida no começo de outubro.

Resta saber se a companhia será capaz de se reerguer, uma vez que a empresa tem hoje uma produção minguada e um fluxo de caixa mínimo. Até a próxima sexta, o juiz Gilberto Clovis Farias Matos, da 4ª vara empresarial, deve receber o pedido de recuperação para avaliação.