Aguarde...

Estratégia | 13/05/2011 12:05

Mulheres podem fazer Dudalina faturar seu primeiro bilhão

Companhia do setor de moda planeja quadruplicar receita em cinco anos - especialista acha exagerada a previsão

Divulgação

modelo dudalina

Dudalina Feminina: 15 lojas da rede devem ser abertas neste ano

São Paulo – A Dudalina, companhia tradicional no segmento de camisas para homens, há cerca de um ano vem desenvolvendo camisas também para mulheres e depois disso passou, quase que diariamente, a refazer seus planos de crescimento para os próximos anos. O motivo? A boa aceitação do produto no varejo.

A Dudalina quer  faturar 1 bilhão de reais até 2016. O valor é quatro vezes maior que (o valor) que a companhia estima ter de receita neste ano: cerca de 250 milhões de reais. “Mas pode mudar a qualquer momento”, afirma Sônia Hess, presidente do grupo Dudalina e filha dos fundadores da empresa. A executiva concedeu entrevista a EXAME.com. 

Somente neste ano, o varejo de moda feminina deve faturar cerca de 140 bilhões de reais no país, segundo dados do setor.  E é nesta esteira que a Dudalina quer pegar carona para expandir a sua atuação. 

Segundo Cláudio Felisoni, coordenador do Programa de Administração de Varejo da Fundação Instituto de Administração (Provar/Fia), a proposta da Dudalina é ousada para uma companhia que atua em um mercado saturado por marcas especializadas em moda feminina. 

O especialista acha um tanto exorbitante a estimativa de faturamento de 1 bilhão de reais em tão pouco tempo. “Significa que a Dudalina precisa conquistar quase 1% desse mercado pelo menos. Mas a concorrência é muito grande”, afirmou Felisoni. 

Esse cenário, no entanto, parece não preocupar a empresária. Tanto que Sônia não reconhece que esteja atrasada para explorar o segmento de moda para mulheres. Para ela, tudo aconteceu no seu tempo, assim como os próximos passos que a companhia pretende dar daqui para frente. 

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados