São Paulo - A fabricante de bebidas Ambev registrou lucro líquido de R$ 2,280 bilhões no terceiro trimestre deste ano, o que representa uma queda de 7,94% na comparação com o resultado de igual período de 2012, que foi de R$ 2,476 bilhões. Este dado é o atribuído ao controlador, excluindo a participação dos acionistas minoritários.

Já o lucro consolidado, que inclui a parte dos minoritários, caiu 6,65%, para R$ 2,335 bilhões, ante os R$ 2,501 bilhões registrados no terceiro trimestre de 2012, neste mesmo critério.

Outra medida informada é o lucro líquido ajustado, antes de receitas e despesas especiais, cuja cifra nestes terceiro trimestre foi de R$ 2,287 bilhões, 8% menor que os R$ 2,456 bilhões de julho a setembro do ano passado.

Já o Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) teve alta de 11%, para R$ 4,192 bilhões, com margem Ebitda de 49,5%, expansão de 2,5 ponto porcentual ante a de 47,0% no terceiro trimestre de 2012. No critério "ajustado", o Ebitda foi de R$ 4,199 bilhões, ou 10,9% superior ao do mesmo período de 2012, de R$ 3,787 bilhões, com margem Ebitda ajustada de 49,6%, 2,5 ponto porcentual a mais do que a de 47,1% registrada no terceiro trimestre de 2012.

A receita líquida do terceiro trimestre somou R$ 8,462 bilhões, alta de 5,3% sobre os R$ 8,036 bilhões registrados nos meses de julho a setembro de 2012.

Tópicos: Ambev, Bebidas, Empresas, Bebidas e fumo, Empresas belgas, Empresas abertas, Cerveja, Bebidas alcoólicas, Lucro