Rio de Janeiro - A Latam Airlines informou nesta quarta-feira que estima queda da oferta de voos de passageiros no Brasil, enquanto vê crescimento nos outros mercados em que opera.

Para o mercado brasileiro, a empresa estima uma queda de 6 a 9 por cento na oferta de assentos, sendo a estimativa para 2015 de queda de 2 a 4 por cento.

Nos voos internacionais de longo curso e regionais, a oferta deve aumentar de 4 a 6 por cento, mesma estimativa fornecida para 2015. Para as operações nos países de língua espanhola - Peru, Argentina, Colômbia, Equador e Chile -, a oferta de voos deve subir de 6 a 8 por cento, ante estimativa de alta de 4 a 6 por cento em 2015.

No total, a Latam projeta oferta de assentos de estável a alta de 3 por cento este ano.

No ano passado a estimativa era de alta de 2 a 4 por cento. Como resultado, a margem operacional da companhia deve ficar de 4,5 a 6,5 por cento, estimativa acima da de 2015, quando foi de 3,5 a 5 por cento. A empresa disse que revisará as estimativas a cada trimestre.

Tópicos: Aviação, Setores, Setor de transporte, Companhias aéreas, LATAM, Empresas