Rio de Janeiro - A incorporadora Tecnisa anunciou nesta terça-feira que seus lançamentos ficaram estáveis no terceiro trimestre na comparação anual, enquanto as vendas tiveram queda de mais de 16 por cento no período.

Segundo prévia operacional divulgada, os lançamentos no trimestre somaram 397 milhões de reais, praticamente em linha com os 396 milhões de reais de mesma etapa de 2012. Na comparação com o segundo trimestre, houve queda de 28 por cento.

Entre julho e setembro, foram lançados quatro empreendimentos, todos da linha premium. Dois deles fazem parte do projeto Jardim das Perdizes, em São Paulo, que representou 270 milhões de reais. Nos primeiros nove meses do ano, os lançamentos totalizaram 1,621 bilhão de reais, alta de 224 por cento na comparação anual.

Já as vendas contratadas caíram 16,6 por cento no terceiro trimestre, na comparação anual, para 311 milhões de reais.

Segundo a empresa, a redução se justifica pelo menor volume de lançamentos na comparação com o segundo trimestre e pelo fato de os dois principais empreendimentos terem sido lançados na última quinzena do trimestre.

A empresa salientou que as vendas contratadas também foram afetadas pelo volume maior de distratos no período, de 131 milhões de reais, acima da média histórica da companhia, que não divulgou dados de distratos dos trimestres anteriores.

De janeiro a setembro, as vendas contratadas totalizaram 1,505 bilhão de reais, alta de 75 por cento na comparação anual.

Tópicos: Imóveis, Resultado, Gestão, Tecnisa, Empresas, Construção civil e intermediação