São Paulo - O Fundo Soberano de Cingapura (GIC) comprou 18,5% das ações da Abril Educação.

Segundo comunicado do fundo, o GIC acredita no potencial de crescimento do mercado brasileiro de educação, por isso escolheu investir na empresa.

"A Abril Educação tem foco na qualidade, marcas de renome e capacidade operacional robusta", afirma o comunicado oficial do  fundo.

As ações adquiridas eram do BR Educacional, fundo que pertence ao economista Paulo Guedes, e do empresário Flávio Augusto da Silva, fundador da Wise Up - rede de idiomas comprada pela Abril Educação em 2013.

A operação não altera a estrutura administrativa da companhia.

O GIC é um fundo de investimento global com mais de 100 bilhões de dólares de ativos sob sua gestão.  

Em abril deste ano, o GIC iniciou suas operações no mercado brasileiro com a abertura de um escritório instalado em São Paulo. Na época, o fundo afirmou que a estratégia tinha como objetivo captar oportunidades de investimento na América Latina.

Um mês depois, comprou no país participação na Netshoes, empresa de vendas on-line de artigos esportivos. A operação foi fechada por 170 milhões de dólares.

Além da Netshoes, o fundo já investiu no banco suíço UBS, no Citigroup e na Stuyvesant Town—Peter Cooper Village, maior complexo de apartamentos em Manhattan. Mais de 40% dos seus investimentos estão na América do Norte.

Tópicos: Fusões e aquisições, Aquisições de empresas, Fundos de investimento, Mercado financeiro, Aplicações financeiras, Somos Educação, Setor de educação, Empresas