São Paulo - No Brasil, o grupo de ensino americano Laureate já é dono da Universidade Anhembi-Morumbi e pode comprar agora até 100% da FMU. As informações são do jornal Valor Econômico, desta quinta-feira.

De acordo com a reportagem, a aquisição deve ser fechada por cerca de 700 milhões de reais, abaixo do valor inicial pedido por Edevaldo Alves da Silva - fundador da faculdade - que queria 1 bilhão de reais pelo negócio. 

O Complexo Educacional FMU reúne as Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), Faculdades Integradas de São Paulo (FISP) e FIAM-FAAM Centro Universitário.

Atualmente, a instituição oferece cursos em diversas áreas, ministradas na Graduação, Pós-graduação (Especialização e MBA), cursos de Extensão e Mestrados.

Em janeiro deste ano, a coluna Primeiro lugar, de EXAME,  edição 1033, já havia antecipado que a FMU estava à venda e que a operação poderia girar em torno de 1 bilhão de reais.

No mesmo mês, a Laureate adquiriu 49% das ações da Universidade Anhembi Morumbi. A rede já detinha o controle da instituição, com 51% de participação.

A Laureate possui cerca de 750.000 alunos em 29 países do mundo. Só a Anhembi Morumbi soma mais de 30.000 alunos, com oito unidades no Brasil. 

Tópicos: Fusões e aquisições, Aquisições de empresas, Educação no Brasil, FMU, Empresas, Laureate, Negociações, Universidades, Ensino superior