Aguarde...

RIM | 29/03/2012 19:50

Fabricante do BlackBerry tem prejuizo; executivos pedem demissão

Vários funcionários de alto escalão pediram demissão, após a fabricante do BlackBerry registrar prejuizo no trimestre

Sean Gallup/Getty Images

BlackBerry, da RIM

A RIM, que já dominou o mercado de e-mails corporativos em dispositivos móveis, vem perdendo participação para as fabricantes de smartphones concorrentes

São Paulo - A Research In Motion disse nesta quinta-feira que vários funcionários de alto escalão pediram demissão, após a fabricante do BlackBerry registrar prejuizo no trimestre, em meio à queda nas vendas de smartphones e de seu tablet, o PlayBook.

A empresa teve prejuizo fiscal no quarto trimestre de 125 milhões de dólares, ou 0,24 dólar por ação, em meio a baixas contáveis referentes aos celulares BlackBerry 7 e à contabilização de perdas em ativos intangíveis.

Segundo dados ajustados, o lucro líquido caiu a 418 milhões de dólares, ou 0,80 dólar por ação, e a receita foi de 4,19 bilhões de dólares no primeiro trimestre de Thorsten Heins como presidente-executivo da empresa. Há um ano, a empresa lucrou de 934 milhões de dólares, ou 1,78 dólar por ação, e a receita foi de 5,56 bilhões de dólares.

Analistas, em média, esperavam que a RIM lucrasse 0,81 dólar por ação e tivesse receita de 4,54 bilhões de dólares, de acordo com o Thomson Reuters I/B/E/S.

A empresa embarcou 11,1 milhões de BlackBerrys e mais de 500 mil PlayBooks nos três meses até 3 de março.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados