Aguarde...

Aviação | 03/02/2012 20:55

Embraer estuda produzir avião maior, com 130 lugares

Atualmente, o maior avião da companhia pode ser configurado para até 130 assentos

Silvana Mautone, do

Leon Neal/AFP

Embraer

A empresa está focada na decisão de remotorizar sua família de jatos comerciais, os E-Jets

São Paulo - A Embraer ainda estuda construir um avião um pouco maior dos que oferece atualmente. Segundo o presidente de aviação comercial da empresa, Paulo Cesar Souza e Silva, a Embraer decidirá até o final do ano se fabricará um avião de 130 lugares. Atualmente, o maior avião da companhia pode ser configurado para até 130 assentos.

"Estamos ainda ouvindo nossos clientes, conversando com cerca de 60 empresas. Até o final do ano nosso conselho de administração tomará uma decisão, mas acho que sai antes desse prazo", afirmou o executivo.

Silva afirmou que a empresa está focada na decisão de remotorizar sua família de jatos comerciais, os E-Jets, como anunciado no ano passado, mas a discussão agora é se essa remotorização virá acompanhada também dessa ligeira ampliação no tamanho da aeronave. "O que está claro é que não entraremos no mercado onde está hoje a Boeing e a Airbus, com aeronaves de mais de 130 lugares", afirmou.

A Embraer realizou um evento hoje na sua sede, em São José dos Campos (SP), para a entrega de um avião Legacy 650 para o ator Jackie Chan, que também é o novo garoto-propaganda da empresa no mercado internacional de jatos executivos.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados