São Paulo - A Embraer fechou o terceiro trimestre com balanço abaixo das expectativas das corretoras. Com lucro líquido de 122,2 milhões de reais, a fabricante de aviões viu o indicador encolher cerca de 8% em relação ao mesmo período do ano passado - quando a empresa lucrou 132,9 milhões.

Em relatório assinado por Stephen Trent, Juliano Navarro e Kevin Kaznica, a Citi corretora apostava que a Embraer teria lucro líquido de 170,6 milhões de reais no terceiro trimestre. A previsão da corretora BTG Pactual para o período era um pouco mais modesta: 166,2 milhões - número apontado em informe escrito por Renato Mimica, Felipe Nüssli e Samuel Alves.

Enquanto o ebitda ou lucro da Embraer antes de juros, taxas, depreciação e amortização foi de 358,5 milhões, as projeções de BTG e Citi previam 387,2 milhões e 396,8 milhões, respectivamente.

Receita total

Já em relação à receita total, a última corretora esperava um valor de cerca de 2,86 bilhões de reais. No balanço divulgado hoje, a Embraer afirma que teve faturamento de 2,94 bilhões - um crescimento de 3,5% em relação ao mesmo período de 2012, quando a empresa faturou 2,84 bilhões de reais.

Ontem, circulou a notícia de que a Embraer deve começar em breve a produção de jatos Legacy 450 e 500 no estado americano da Florida; Na terça, a companhia aérea JetBlue anunciou o adiamento de um pedido que incluía 24 aeronaves.