São Paulo - O brasileiro Eduardo Saverin passou a integrar a lista da Forbes dos homens mais ricos de Cingapura. Em oitavo lugar do ranking, o co-fundador do Facebook aparece com uma fortuna avaliada em 2,2 bilhões de dólares. Aos 30 anos, ele arrematou também o posto de jovem mais rico do país.

Com a bolada, Saverin não chegaria a entrar no ranking dos 10 mais afortunados do Brasil. A décima posição da lista é ocupada por Ana Lucia de Mattos Barretto Villela. Uma das maiores acionistas individuais do Itaú, Ana Lucia possui um patrimônio estimado em 3,6 bilhões de dólares.

Saverin entra no clube dos bilionários cingapurenses após uma contenda que mexeu com o brio dos americanos. Educado nos Estados Unidos, ele abriu mão da cidadania no país em maio. Na época do anúncio, foi acusado de procurar maneiras de escapar à taxação fiscal após o bilionário IPO do Facebook. Isso porque os impostos devidos por ele com o lucro da operação orbitariam na casa dos 67 milhões de dólares.

"É enfurecedor ver alguém vender o país que o recebeu de braços abertos, protegeu-o, educou-o e ajudou-o a se tornar milionário", disse o senador Charles Schumer à imprensa. "Queremos impedir esse estratagema".

Em nota, Saverin afirmou que sua escolha teria se baseado somente no interesse em viver e trabalhar em Cingapura, onde já teria fixado residência em 2009. "Eu paguei e continuarei a pagar quaisquer impostos sobre tudo que lucrei enquanto cidadão norte-americano", finalizou.

Em Cingapura, a legislação desobriga o pagamento de tributos sobre ganhos de capital.

Fortuna

Juntos, os 40 homens mais ricos de Cingapura somam uma fortuna estimada pela Forbes em 59,4 bilhões de dólares. No primeiro lugar da lista estão os irmãos Robert e Philip Ng, que controlam a Far East Organization, dona de uma carteira de hotéis e shoppings em Cingapura e Hong Kong. O patrimônio da dupla é avaliado em 9,2 bilhões de dólares. 

Tópicos: Bilionários, Ásia, Singapura, Eduardo Saverin, Facebook, Redes sociais, Empresas, Internet, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet