Aguarde...

13/02/2009 18:36

Corretora Link reduz preço-alvo das ações da AmBev

Apesar da decisão, a corretora recomenda a compra de ações da companhia e prevê crescimento de vendas

A corretora Link reduziu o preço-alvo da Ambev, maior cervejaria da América Latina, para 131 reais em 2009, o que representa uma baixa de 25% em relação aos 175 reais estimados no ano passado. Mesmo com o decréscimo, a corretora prevê um potencial de alta para as ações da companhia de 29%.

A previsão para o mercado brasileiro de cervejas, que representa cerca de 51% da receita da AmBev, é de crescimento de 1% em 2009 e de 1,8% para 2010, já que o consumo da bebida não sofrerá grandes abalos neste cenário de crise, pois é um produto de baixo valor.

Segundo a corretora Link, mesmo com a concorrência mais forte em função do novo regime de tributação para os fabricantes de bebidas, que penalizou mais as cervejas de maior valor agregado, a AmBev deve continuar aumentando suas vendas nos próximos anos, estimativa que suporta a recomendação de compra de seus papéis.

As ações preferenciais da AmBev (AMBV4) fecharam o pregão desta sexta-feira em baixa de 0,85%, para 99,70 reais.
 

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados