PSão Paulo - A empresa de private equity Carlyle Group afirmou nesta quinta-feira que está em busca de mais oportunidades para investir no Brasil, apesar da série de compras recentes, informou o diretor da empresa no Brasil, Daniel Sterenberg. "Apesar da uma série de aquisições continuamos ativos em busca de oportunidades no Brasil", afirmou Sterenberg. "Não estamos nem eufóricos nem pessimistas com o Brasil", acrescentou.

A empresa confirmou a aquisição de 60% de participação na varejista de móveis brasileira Tok&Stok pelo valor de R$ 700 milhões, segundo informou pessoa próxima ao assunto. A Carlyle não revelou oficialmente o valor da aquisição, mas disse que recursos para o investimento virão do fundo Carlyle South America Buyout Fund, com ativos superiores a US$ 775 milhões, e do fundo Brasileiro de Internacionalização de Empresas (FBIE), com ativos superiores a R$ 360 milhões.

Criada em 1978, a Tok Stok tem 35 lojas em 12 Estados no Brasil. Em 2011, as vendas da empresa totalizaram cerca de R$ 1 bilhão. "A Tok&Stok é uma excelente empresa com uma grande posição e marca reconhecimento excepcional, que oferece aos consumidores uma experiência única de compras", afirmou Sterenberg. "Estamos muito entusiasmados com o potencial de crescimento da empresa."

Ghislaine Dubrule, uma das fundadores da rede, permanecerá como presidente-executiva da companhia, compartilhando a fatia restante de 40% com o outro fundador, Régis Dubrule.

O Carlyle, que opera no Brasil desde 2008, adquiriu em março 85% de participação na Ri-Happy, a maior varejista brasileira de brinquedos, com 114 lojas e cerca de 2.300 funcionários. As informações são da Dow Jones.

Tópicos: Fusões e aquisições, Aquisições de empresas, Carlyle, Empresas, Expansão