São Paulo - A Camargo Corrêa protocolou hoje na CVM de Portugal uma oferta pública de ações para adquirir o controle acionário da cimenteira portuguesa, um negócio que envolveria cerca de 1 bilhão de euros. As informações são da coluna de Lauro Jardim.

A Camargo Corrêa já é dona de 33% da cimenteira, hoje uma das maiores do setor no mundo, com presença em doze países. 

Além dela, a Cimpor tem como acionistas a Votorantim, com cerca de 20% das ações, Manuel Fino SGPS SA com 10,7%, o fundo de pensão dos funcionários do Banco Comercial Português com 10%, e a Caixa Geral de Depósitos com 9,6%.

Tópicos: Fusões e aquisições, Aquisições de empresas, Camargo Corrêa, Empresas, Construção civil e intermediação, Empresas brasileiras, Cimpor, Empresas portuguesas, Votorantim