Aguarde...

Porto | 12/09/2012 15:33

BTP vai entregar documentos ao Ibama até outubro

"Esse local era um dos maiores passivos ambientais em área portuária no Brasil", disse o presidente da empresa, Henry Robson

Silvana Mautone, do

Germano Lüders/EXAME

Terminal Santos Brasil no Porto de Santos

Navio no Porto de Santos: a BTP, joint venture entre as empresas Terminal Investment Limited (TIL) e APM Terminals, foi constituída em 2007 para construir e operar o terminal

Santos - A Brasil Terminal Portuário (BTP), no Porto de Santos, em São Paulo, deve entregar até o fim de outubro ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) todos os documentos necessários para a obtenção da Licença Operacional (L.O.). A afirmação foi feita nesta quarta-feira pelo presidente da empresa, Henry Robson.

"Esse local era um dos maiores passivos ambientais em área portuária no Brasil", disse. Segundo ele, o terreno onde está sendo construído o terminal da BTP era usado como aterro industrial.

O terminal deve entrar em operação no primeiro trimestre do próximo ano, provavelmente em março, com capacidade anual para movimentar 1,2 milhão de TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés). "Concluímos até agora cerca de 60% a 70% das obras", disse Robson.

No início deste mês, a BTP recebeu os quatro primeiros portêineres (equipamentos para o transporte da carga entre o cais e o navio) e seis transtêineres (usados para empilhar e estocar contêineres na área de armazenagem) encomendados da China. Hoje, os equipamentos começaram a ser desembarcados.

Robson disse que a meta é realizar uma média de 60 movimentos por hora por equipamento e que o terminal terá capacidade para operar entre três e quatro navios simultaneamente.

A BTP, joint venture entre as empresas Terminal Investment Limited (TIL) e APM Terminals, foi constituída em 2007 para construir e operar o terminal, cujos investimentos somam R$ 1,8 bilhão.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados