Aguarde...

Entrevista | 04/08/2010 11:51

Para britânica Lloyd's, Brasil é o que mais cresce nos Bric

Em entrevista a EXAME, presidente do conselho afirma que seguradora chegará a US$ 200 milhões de prêmios no país este ano

Peter Levene, presidente do conselho da Lloyd's

Levene, da Lloyd's: pessimismo com o Brasil em 2007; humor renovado agora

Rio de Janeiro - O inglês Peter Levene, presidente do conselho da mais antiga seguradora do mundo, a britânica Lloyd's, esteve há poucos dias no Rio de Janeiro para falar das oportunidades de negócios abertas no país, potencializadas pela Copa, Olimpíadas e pela exploração de petróleo na camada pré-sal.

Em entrevista a EXAME, Levene elogiou as mudanças no setor de seguros e afirmou que, para o Lloyd's, o Brasil é o país que mais cresce entre os Bric (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia e China). Leia, a seguir, os principais trechos.

EXAME - O mercado brasileiro de resseguros é ainda embrionário. Como estão os negócios do Lloyd's no país?

Peter Levene - Muito, muito bem. Fomos a primeira companhia de resseguros a conseguir a licença no Brasil há dois anos, quando caiu o monopólio da estatal IRB [Instituto de Resseguros do Brasil]. Neste ano, vamos chegar a 200 milhões de dólares em prêmios [o mesmo que receita no setor de seguros], quase o dobro do ano passado.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados