São Paulo – Após divulgar hoje seus resultados no terceiro trimestre, o Bradesco foi tema de diversas análises de mercado. O balanço não chegou a decepcionar os analistas, mas também não surpreendeu. No geral, as corretoras consideraram os números dentro do esperado.

Foi o caso da Deutsche Bank. "Os resultados do Bradesco têm sido muito consistentes e o banco cumpriu as expectativas mais uma vez", afirmou a corretora em relatório assinado por Mario Pierry e Tito Labarta.

"Apesar do lucro ter ficado em linha com as estimativas, o Bradesco segue melhorando a qualidade de crédito", destacou Ricardo Correa, da Ativa Corretora. Já para a XP Investimentos, o banco deixou a desejar.

"O lucro líquido do banco não surpreendeu, e ficou em linha com as projeções mais conservadoras", afirmou Rafael Furlanetti em documento da corretora.

Entre junho e setembro, o Bradesco faturou lucro líquido de 3,06 bilhões de reais - um aumento de 7,1% em relação ao mesmo período de 2012.

Tópicos: Balanços, Bradesco, Bancos, Empresas, Empresas brasileiras, Empresas abertas, Corretoras