Aguarde...

Ranking | 12/03/2013 12:12

Itaú é líder em reclamações no Procon; veja lista completa

Área de produtos tem o maior número de reclamações fundamentadas, seguidas pelas instituições financeiras

ITACI

Agência do Banco Itaú, no shopping Center 3, na cidade de São Paulo

A empresa também enfrenta questionamentos quanto a contestação de saques e lançamentos não reconhecidos em contas e cartões de crédito.

São Paulo - Aproveitando a semana do consumidor, a  Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) divulga a lista das 50 empresas mais reclamadas no órgão em 2012.

Apesar da supremacia do setor de produtos - registrou 9 795 reclamações no ano passado -, a lista das empresas mais reclamadas em 2012 segue, pelo segundo ano consecutivo, encabeçada por uma instituição financeira.

O Procon informa que o maior questionamento tem sido quanto ao financiamento de veículos - os consumidores procuraram o órgão de proteção ao direito do consumidor contestando taxas como tarifa de cadastro, gravame, registro de contrato, serviços de terceiro e outros.

Itaú Unibanco

Em 2012, foi a vez do Itaú Unibanco puxar a lista, com 1108 reclamações - das quais 640 não foram atendidas.  As principais reclamações foram associadas às taxas cobradas para o financiamento de veículos. A melhora na qualidade dos serviços prestados é o que hoje "tira o sono" da equipe de ouvidoria, nas palavras de Cristiana Primciroli, do Itaú Unibanco.

Em encontro recente com a imprensa, porta-vozes da instituição relembraram que a cobrança de tarifa de cadastro no caso de financiamento de veículos é autorizada pelo Banco Central, o que justificaria o não atendimento de mais da metade das solicitações.

Segundo o Itaú Unibanco, trata-se de uma taxa cobrada pela comodidade de aquisição do crédito no mesmo local onde se compra o veículo. Se o financiamento for solicitado em uma agência bancária, a tarifa de cadastro não é cobrada.

Em nota oficial divulgada à imprensa nesta tarde, o banco afirma que "o volume absoluto de registros não deve ser, por si só, considerado suficiente para avaliar a qualidade de atendimento e serviços prestados por cada empresa, pois o cadastro de reclamações fundamentadas não leva em conta o tamanho e abrangência de cada empresa". 

A empresa adiciona que "os investimentos de R$ 10,4 bilhões anunciados pelo Itaú Unibanco em tecnologia, inovação e atendimento até 2015 também fazem parte da melhoria contínua na qualidade dos serviços e satisfação dos clientes". Veja a íntegra do comunicado na terceira página.

O setor de assuntos financeiros é o vice-campeão no número de reclamações, tendo chegado a 7 642 registros no ano passado. Em 2011, o Bradesco era detentor da primeira posição, seguido pela B2W - que compreende Americanas.com, Submarino, Shoptime e Sou Barato. Neste ano, a varejista do comércio eletrônico aparece na quinta posição.

Ao longo de 2012, foram 602 611 atendimentos realizados pelo Procon, dos quais 88% foram solucionados. 

Veja a lista das 50 empresas mais reclamadas em 2012, segundo o Procon.

  Empresa Número de Reclamações
1 Itaú Unibanco 1108
2 Claro 1006
3 Bradesco 976
4 Vivo 967
5 B2W - Americanas.com, Submarino, Shoptime e Sou barato 718
6 BV 621
7 Carrefour 595
8 Grupo Oi 586
9 Eletropaulo 576
10 Santander Real 568
11 Tim Celular S/A 559
12 Pão de Açúcar 475
13 Microcamp 469
14 Banco do Brasil 450
15 Panamericano 438
16 Magazine Luiza 416
17 Caixa Econômica Federal 372
18 NET 366
19 Motorola 354
20 Casas Bahia 337
21 Groupon 305
22 Electrolux 294
23 BMG 289
24 Ricardo Eletro 256
25 CCE 250

 

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados