São Paulo - A Apple comprou a Emotient, uma startup que usa inteligência artificial para analisar expressões faciais e, assim, ler emoções. A informação é do The Wall Street Journal.

Os termos do acordo não foram divulgados, mas uma porta-voz da empresa confirmou o fechamento do negócio.

"A Apple compra companhias de tecnologia menores de tempos em tempos, e nós geralmente não discutimos nossos propósitos ou planos", dizia a nota padrão enviada ao jornal.

Ainda não dá pra saber o que a gigante pretende fazer com os recursos da Emotient. Eles, porém, já foram utilizados por companhias de publicidade e varejistas para interpretar reações de consumidores, segundo o WSJ.

Anteriormente, a Emotient havia levantado 8 milhões de dólares de investidores, entre eles a Intel Capital.

A Apple já demostrou interesse em tecnologias de reconhecimento facial.

Segundo a publicação, em um pedido de patente de 2014, ela descreveu um software capaz de analisar e identificar o humor das pessoas com base em diversos pontos, incluindo as expressões faciais. 

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Fusões e aquisições, Aquisições de empresas, Inteligência artificial, Startups, Tecnologia