Aguarde...

Pânico | 28/03/2012 15:30

Apertem os cintos: piloto da JetBlue surta em pleno voo

Comandante precisou ser contido por passageiros, após copiloto colocá-lo para fora da cabine

Joe Raedle/Getty Images

JetBlue

JetBlue: piloto paranoico com ataques terroristas em pleno ar

São Paulo – O que você faria se visse o comandante do avião em que está ser trancado do lado de fora da cabine pelo próprio copiloto? Foi exatamente esta a cena que os passageiros do voo 191 da americana JetBlue presenciaram nesta terça-feira, enquanto voavam de Nova York para Las Vegas.

Clayton Osbon, que há 12 anos pilota aeronaves da JetBlue, sofreu uma crise nervosa em pleno voo, segundo relatos da imprensa internacional. Não está clara a causa da crise, mas o copiloto afirmou que Osbon começou, após algum tempo de viagem, a mostrar sinais inquietantes.

O primeiro foi tentar mudar comandos que não deveria no painel de controle. Depois, muito agitado, saiu da cabine e começou a andar pelo corredor de modo atabalhoado, e a falar rapidamente coisas sem sentido. Por fim, quando retornou à cabine, o copiloto o convenceu a sair.

Foi quando um piloto da JetBlue que estava de folga e pegava uma carona no avião foi chamado para assumir o comando, enquanto Osbon era trancado do lado de fora. Ele começou a esmurrar a porta e precisou ser contido por três passageiros, enquanto gritava que o Irã ou o Afeganistão estariam tramando algo para breve, e que os passageiros deveriam rezar.

O avião pousou em Amarillo, no Texas, onde Osbon foi encaminhado para um hospital local. Os passageiros trocaram de aeronave e seguiram viagem. Segundo o americano The Wall Street Journal, nem a família, nem o piloto, foram localizados após o incidente.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados