São Paulo - O Conselho Administrativo de Defesa Econômico (Cade) aplicou multas milionárias nas redes de ensino Anhanguera e Laureate.

Segundo informações do Valor Econômico, desta quinta-feira, nos dois casos, o professor Gabriel Rodrigues, acionista da Anhanguera e fundador da Anhembi Morumbi, comprada pela Laureate, foi citado nos processos.

A Anhanguera recebeu multa de 4 milhões de reais. Já a Laureate foi punida em 2 milhões de reais, com o direito de recorrer da decisão.  


 

Tópicos: Acionistas, Anhanguera, Empresas, Setor de educação, Cade, Educação no Brasil, Laureate