São Paulo – Apesar da queda nas vendas de bebidas, a Ambev tem boas expectativas para o próximo ano, principalmente com a chegada da Copa do Mundo.

Em conferência realizada com jornalistas na tarde desta quinta-feira (31), Nelson Jamel, vice-presidente financeiro e de RI da empresa, afirmou que a tendência daqui para frente é que os resultados das vendas melhorem com a queda dos preços dos produtos.

Segundo ele, o mercado já apresenta sinais de recuperação com o controle da inflação; estímulo e investimentos tanto no setor público, quanto no privado; queda no dólar e na taxa de desemprego.

“A gente espera que cada vez mais haja sinais de melhora na economia, pois isso certamente irá repercutir no nosso setor, que tem muita opção de crescimento”, explica.

Além disso, Jamel acrescenta que a vinda de eventos grandiosos como a Copa do Mundo e as Olimpíadas vão contribuir, e muito, para o crescimento e desenvolvimento no setor das bebidas, olhando o consumidor e a indústria em particular.

Em busca do “caneco”

Para o vice-presidente de finanças, uma prova de que a Ambev acredita na potência da indústria de bebidas é o investimento bilionário que realizará até o final de 2013.

O aporte de 3 bilhões de reais será feito em decorrência às perspectivas de médio e longo prazo para o crescimento econômico no país.

De janeiro a setembro a companhia já investiu 1,8 bilhão de reais, e outros 500 milhões de reais em outros países onde atua.

Marca premium

A empresa de bebidas destacou, também, que uma das principais estratégias para o futuro será continuar investindo nas marcas chamadas “premium”, Budweiser, Stella Artois e Original, que continuam apresentando bons resultados, com o volume acima da média do mercado.

Inovações, embalagens econômicas e crescimento nas regiões Norte e Nordeste também estão na lista da companhia de bebidas, que, segundo Jamel, tem como objetivo permanecer apresentando uma evolução relevante.

Tópicos: Ambev, Bebidas, Empresas, Bebidas e fumo, Empresas belgas, Empresas abertas, Bebidas alcoólicas, Budweiser, Esportes, Copa do Mundo 2014, Copa do Mundo, Futebol, Olimpíadas