Hong Kong/Nova York - A Alibaba Group Holding já foi descrita como uma mistura entre a Amazon.com e a eBay durante os preparativos para sua abertura de capital nos EUA. No trimestre passado, a Alibaba ganhou mais do que essas empresas combinadas.

A renda operacional do maior operador de comércio eletrônico da China aumentou para US$ 1,1 bilhão nos três meses encerrados em junho, 42 por cento a mais do que os lucros da Amazon e da eBay juntas no período.

Incluindo ganhos pontuais, a renda líquida da Alibaba mais do que dobrou a dos concorrentes.

Os resultados da Alibaba, provavelmente os últimos antes da abertura de capital, enfatizam a forma em que suas plataformas Taobao e Tmall estão conectando consumidores com empresas no país mais populoso do mundo e a maneira em que a companhia está realizando a transição para serviços com dispositivos móveis.

A Alibaba poderia iniciar as reuniões do seu roadshow para promover a venda de ações na semana que vem, disseram fontes do setor.

“A Alibaba ainda tem um potencial enorme para ganhar dinheiro, em grande parte por causa da sua plataforma para dispositivos móveis”, disse Li Muzhi, analista da Arete Research Service LLP em Hong Kong.

“A Alibaba avançou mais do que a eBay no sentido de que ela também tem seu próprio serviço de conexão entre empresas e consumidores, em vez de conectar apenas compradores e vendedores individuais”.

A renda líquida da Alibaba, com sede em Hangzhou, quase triplicou para US$ 1,99 bilhão, ajudada por ganhos nas participações na UCWeb e na One Touch, disse ontem a empresa em um documento.

A Alibaba ainda não anunciou o preço das ações na abertura de capital. A companhia poderia ser cotada em US$ 187 bilhões após a venda das ações, segundo a média de estimativas de 11 analistas consultados pela Bloomberg no mês passado.

A eBay e a Amazon possuem um valor de mercado combinado de US$ 228 bilhões, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Transações em dispositivos móveis

A Alibaba disse que o número de clientes que acessam sites por meio de smartphones, um elemento-chave de sua estratégia de crescimento, aumentou rapidamente.

A companhia tinha 188 milhões de usuários ativos mensais de dispositivos móveis em junho, frente a 163 milhões em março, segundo seu documento.

Em junho, a empresa concordou em adquirir o restante da UCWeb para adicionar navegadores de internet e uma loja de aplicativos a seus serviços para dispositivos móveis.

As transações em dispositivos móveis representaram 32,8 por cento do total da Alibaba no trimestre encerrado em junho, frente a 27,4 por cento nos três meses anteriores e somente 12 por cento um ano antes.

Contudo, as margens de lucro da Alibaba se reduziram durante o trimestre, em parte devido à alta dos gastos em marketing.

A margem de lucro da Alibaba ajustada antes de juros, impostos, depreciação e amortização no trimestre declinou de 56 por cento de um ano atrás para 54 por cento.

Onda de aquisições

A Alibaba anunciou 29 acordos pelo valor de US$ 16 bilhões desde o começo de 2012, expandindo-se para todos os tipos de setores, de finanças e futebol a entretenimento em mídia e serviços de reserva de táxis.

Neste mês, uma das recentes aquisições da Alibaba, a produtora de filmes Alibaba Pictures Group Ltd., disse que sua nova gestão descobriu falhas contábeis e que não conseguirá publicar os resultados a tempo.

A Alibaba adquiriu 60 por cento da empresa por cerca de US$ 800 milhões em junho.

No relatório de lucros de ontem, a Alibaba disse que tomou providências em relação ao valor dos ativos, fazendo notar que os problemas da Alibaba Pictures não afetarão materialmente sua posição financeira geral.

Tópicos: Alibaba, Empresas, Empresas chinesas, Jack Ma, Amazon, Comércio, Empresas americanas, Empresas de internet, Lojas online, Comércio eletrônico, eBay, Varejo, Resultado, Gestão, Vendas