O ex-Midas

São Paulo - Na história do capitalismo brasileiro, nenhum empresário conheceu a glória e a derrocada tão rapidamente, quanto Eike Batista. Em pouco mais de um ano, ele deixou de ser o oitavo homem mais rico do mundo, festejado pela elite mundial dos negócios, para mergulhar em uma crise que o levou, inclusive, para fora do clube dos bilionários. Veja, a seguir, a meteórica trajetória de Eike.

Tópicos: Bilionários, Empresas, EBX, Eike Batista, OSX, MMX, Personalidades, Empresários