Aguarde...

Telepatia | 08/01/2012 16:18

7 coisas que ninguém nunca diz ao chefe (mas pensa)

Nem sempre o silêncio é sinal de que tudo vai bem – às vezes, é bem o contrário

Ruben Las Palmas/Stock.xchng

Executivo pensando

Cada cabeça, uma sentença: entender o que um funcionário não fala é importante também

São Paulo – Um gestor deve entender uma coisa básica: por trás de um simpático e receptivo sorriso de seus subordinados, escondem-se muito mais pensamentos do que se pode imaginar. Compreender o que realmente alguém está dizendo (ou não) é fundamental para o bom desempenho de qualquer equipe.

Não se trata, claro, de ficar paranóico, lamentando o fato de não ser telepata para adivinhar o que se passa na cabeça de todos. Mas, para o site americano Inc.com, algumas coisas são óbvias – embora nem todos os chefes se dêem conta.

O site lista sete coisas que subordinados nunca dirão aos seus chefes, embora pensem todos os dias:

1. “Por favor, não me fale de sua vida pessoal”

Falar de assuntos que não se referem apenas a trabalho ajuda a relaxar o ambiente, oxigenar as idéias e aproximar pessoas. Mas prefira temas de interesse geral, como esportes ou fatos que estejam repercutindo na mídia.

Os funcionários não estão a fim de saber de sua vida pessoal. Os novatos querem é que você lhes diga o que espera deles, os oriente bem em suas tarefas e lhes dê feedbacks claros sobre seu desempenho. Já quem é velho de casa quer saber que perspectivas ele tem na empresa, que oportunidades lhe serão abertas.

De qualquer modo, guarde sua vida pessoal para quem faz parte dela.


2. “Por favor, não quero falar da minha vida pessoal”

O contrário também é verdadeiro. Circular pelas mesas fazendo perguntas pessoais soa, para a maior parte das pessoas, como se o chefe quisesse forçar a barra e ter uma intimidade que, na verdade, não tem.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados