Nissan escolhe Londres para testes de carros autônomos na Europa

O governo informou que pretende encorajar o desenvolvimento e o teste de tecnologias de automóveis autônomos no Reino Unido

Londres – A japonesa Nissan escolheu Londres para conduzir os primeiros testes de carros autônomos na Europa, dois meses depois de anunciar a fabricação de dois novos modelos no Reino Unido apesar de preocupações com o Brexit.

O governo informou que pretende encorajar o desenvolvimento e o teste de tecnologias de automóveis autônomos no Reino Unido, ajudando a construir uma indústria que servirá um mercado global avaliado em cerca de 900 bilhões de libras (1,1 trilhão de dólares) até 2025.

Na sexta-feira, a Nissan afirmou que a versão modificada do seu compacto elétrico LEAF equipado com tecnologia autônoma será testado na capital no próximo mês.

O teste é o primeiro do tipo conduzido pela montadora japonesa em rodovias europeias.

“Com os futuros modelos seguros e inovação de ponta sendo desenvolvida aqui no Reino Unido, nós buscamos um futuro forte de design, engenharia e manufatura no país para consumidores em todo o mundo”, disse o presidente de conselho da Nissan na Europa, Paul Willcox.

Em outubro, a Nissan, que responde por cerca de 30 por cento da produção total de carros no Reino Unido, informou que vai expandir a produção na fábrica do nordeste da Inglaterra, com o que uma fonte descreveu como a promessa do governo de conceder suporte extra para conter eventuais perdas de competitividade com a saída da União Europeia (UE).