Motocicletas: Honda ainda reina absoluta, mas Dafra avança

Dados da Abraciclo mostram setor estável em vendas até março deste ano no país

São Paulo – O mercado de venda de motocicletas permaneceu praticamente estável no país até março, comparado ao mesmo período do ano anterior, segundo dados da Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

Ainda assim, nos três primeiros meses de 2017, o avanço da Dafra frente à concorrência foi bem adiante: as vendas da companhia cresceram 49,2%, para 2.972. A participação de mercado da empresa em um ano saltou de 0,9% para 1,4%.

Honda segue reinando absoluta no setor, dona de uma fatia de 82,5%, com 177.974 unidades vendidas dentro do Brasil – número que era maior até março de 2016. Ao contrário, a Yamaha apresentou aumento de vendas e de participação de mercado no período, ainda que bem distante de sua maior rival no país.

A seguir, confira os dados de vendas até marçode cada uma das 11 fabricantes de motocicletas, pela Abraciclo.

Empresas 1º tri 2016 Share em % 1º tri 2017 Share em % Variação
BMW 656 0,3 1.773 0,8
Dafra 1.992 0,9 2.972 1,4 49,2
Ducati 366 0,2 267 0,1 -27
Harley-Davidson 888 0,4 1.146 0,5 29,1
Honda 182.987 85 177.974 82,5 -2,7
Indian 168 0,1 88 0 0
Kawasaki 1.537 0,7 1.123 0,5 -26,9
Suzuki 3.044 1,4 1.830 0,8 -39,9
Traxx 1.462 0,7 0 0
Triumph 904 0,4 921 0,4 1,9
Yamaha 21.368 9,9 27.726 13 29,8
TOTAL 215.372 100 215.820 100 0,2

Exportações

Entre as poucas que exportam, atualmente Honda e Yamaha, o crescimento de vendas para fora do país teve um incremento de 26,9% no primeiro trimestre de 2017 em comparação ao mesmo período do ano anterior.

A participação de mercado de cada uma das companhais ficou quase estável. Confira na tabela a seguir.

Empresas 1º tri 2016 Share em % 1º tri 2017 Share em % Variação
Honda 11.950 86,9 15.176 87 27
Kawasaki 24 0,2 0 0 -100
Yamaha 1.775 12,9 2.268 13 27,8
TOTAL 13.749 100 17.444 100 26,9