Com faturamento mensal de R$ 10 milhões, Balão da Informática chega ao mercado de franquias

Empresa chegou ao país com lojas físicas, foi para o e-commerce e agora chega ao mercado de microfranquias

São Paulo, maio de 2017 – A Balão da Informática chegou ao mercado após seu fundador investir em pequenos negócios de compra e venda de computadores, além de peças usadas de informática no balcão da loja. Desde então, são 20 anos de existência, sendo que há 10 foi uma das pioneiras do ramo a vender seus produtos apenas pela internet. Agora, que já possui um faturamento que supera os R$ 10 milhões mensais, o plano é ir além do e-commerce e expandir a marca explorando o mercado de franquias.

“Queremos elevar a visibilidade de pequenas lojas de informática e associar a nossa marca. Tornar-se um franqueado da Balão vai levar ao seu negócio toda a nossa história e a credibilidade que conquistamos em duas décadas”, diz Fabrizio Marchese, sócio-fundador, que liderou a transformação do negócio regional em um e-commerce de nicho e envergadura nacional.

A empresa compra produtos de informática, eletrônicos e de telefonia diretamente dos distribuidores oficiais das marcas ou diretamente dos fabricantes. A venda para o consumidor final é realizada com preços atrativos e compensatórios. “Durante esses anos de atuação recebemos inúmeros prêmios dedicados ao nosso volume de vendas, qualidade de entrega, pioneirismo em negócios pela internet e logística integrada. Nosso objetivo é transferir a mesma qualidade do e-commerce para as franquias”, destaca Marchese.

A Balão da Informática estima aos interessados em adquirir uma franquia  um lucro mensal de R$ 15 mil, com um investimento inicial de cerca de R$ 20 mil. Para verificar o plano de negócios e adquirir uma franquia, basta acessar o site  www.balaodainformatica.com.br.

RAIO X

Investimento total: R$ 40 mil

Taxa de franquia: R$ 14.900

Prazo de retorno do investimento: 6 meses

Faturamento médio mensal: R$ 50 mil

Lucro mensal: R$ 15 mil

Capital de giro: R$ 20 mil

Taxa de royalties: R$ 1.990 para grandes cidades e R$ 900