Magnata Carlos Slim nega ter comprado mansão em Nova York

"The Wall Street Journal" disse que Slim tinha investido US$ 44 milhões na compra de uma mansão em Manhattan

México – O magnata mexicano Carlos Slim nega ter comprado uma mansão em Nova York, como informou em dias passados a imprensa americana, assegurou hoje à Agência Efe um porta-voz do empresário.

“The Wall Street Journal”, que citou como fonte “diversos agentes” imobiliários, disse que Slim, o homem mais rico do mundo segundo a revista “Forbes”, tinha investido US$ 44 milhões na compra de uma mansão na Quinta Avenida de Manhattan.

“O imóvel de referência, que é na realidade um edifício, foi adquirido por uma empresa imobiliária, dedicada ao negócio de bens imobiliários, da qual o engenheiro Slim é um dentre vários sócios”, disse Arturo Elías Ayub, porta-voz do magnata e do Grupo Carso.

“Portanto, não se trata de uma aquisição pessoal”, acrescentou Ayub. Segundo ele, Slim “mora e continuará morando no México, e não tem casa alguma em nenhum lugar do mundo”.

Segundo o diário nova-iorquino, aquela teria sido “a quarta (operação) mais cara já fechada na cidade” sobre este tipo de edifícios, de estilo neoclássico francês e de poucos andares de altura.