Magazine Luiza prioriza integração em 2012

O objetivo gora é levar as lojas para o processo de maturação, disse o diretor superintendente da varejista, Marcelo Silva

São Paulo – O Magazine Luiza planeja concentrar as atenções em 2012 na conclusão da integração e no processo de maturação das redes adquiridas -Maia e Baú. A varejista descarta realizar novas aquisições no ano que vem.

“Com as 124 lojas (inauguradas em 2011) antecipamos em dois anos o plano de expansão da companhia. Agora é levar as lojas para o processo de maturação”, disse o diretor superintendente da varejista, Marcelo Silva, em encontro com analistas e investidores nesta terça-feira.

Segundo ele, as redes adquiridas estarão maduras e poderão alcançar patamar de faturamento equivalente ao das lojas Magazine Luiza em 2013, quando a companhia espera registrar margem Ebitda -sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação- entre 6 e 7 por cento.

“Vamos concentrar em absorção e rentabilidade. Não está prevista nenhuma aquisição em 2012, apesar do assédio natural que temos sofrido desde a aquisição de Maia e Baú”, afirmou Silva.


Embora a aquisição da Lojas do Baú tenha acontecido depois da compra da Lojas Maia -em junho de 2011 e julho de 2010, respectivamente-, a integração das unidades antes detidas pelo Grupo Silvio Santos acontecerá mais cedo, no primeiro trimestre 2012. Já a rede nordestina Maia será integrada até o terceiro trimestre do ano que vem.

Ao longo deste ano, a varejista abriu 124 lojas, totalizando 728 unidades no país.

Silva acrescentou que, para 2012, a empresa considera aumentar a presença no segmento de shopping centers, tendo inclusive algumas lojas contratadas para inauguração.