M.A.C quer dobrar de tamanho no Brasil em três anos

Uma das maiores fabricantes de maquiagens do mundo vai apostar em e-commerce e novas lojas, além da já anunciada redução de preços, para crescer por aqui

São Paulo – No dia 30 de janeiro, a M.A.C vai inaugurar seu serviço de e-commerce no Brasil. A jogada é uma das estratégias adotadas pela grife de maquiagens para dobrar seus negócios no Brasil em três anos.

Além de investir na internet, a marca da gigante de cosméticos da Estée Lauder pretende, até 2016, dobrar o número de lojas físicas no país, que hoje estão perto de 30.

“A inauguração de novas lojas físicas não estava atendendo à demanda pelos nossos produtos na velocidade necessária”, afirmou Karen Buglisi, presidente global da companhia, em entrevista exclusiva a EXAME.com.

Desde 2012, a companhia saiu do eixo Rio-São Paulo para entrar em cidades como Recife, Salvador, Belém e Fortaleza. “A recepção foi tão grande que decidimos trazer o serviço de compras online para atendermos melhor essas regiões”, disse.

Os planos de crescimento no país começaram a ficar claros em julho do ano passado, quando a M.A.C decidiu baixar em média 11% dos preços de seus produtos exclusivamente no Brasil, para torná-los mais acessíveis.

“É a primeira vez na história da marca que baixamos os preços, o que mostra como o Brasil é importante para nós”, afirmou Buglisi.