Lucro líquido da Alpargatas tem queda de 9,9% no 2º trimestre

O Ebitda da companhia atingiu R$ 72,6 milhões entre abril e junho, um recuo de 35,6% ante o mesmo período do ano passado

São Paulo – A fabricante de calçados Alpargatas reportou lucro líquido de R$ 54,4 milhões no segundo trimestre de 2017, queda de 9,9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

No acumulado do primeiro semestre do ano, o lucro chegou a R$ 234,2 milhões, aumento de 36,7%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia atingiu R$ 72,6 milhões entre abril e junho, um recuo de 35,6% ante iguais meses de 2016. Em seis meses, o Ebitda soma R$ 320,5 milhões, crescimento de 6,1%.

A receita líquida da calçadista somou R$ 859,6 milhões no trimestre, um recuo de 15,1% na comparação anual. De janeiro a junho, a receita caiu 16,9%, para R$ 1,667 bilhão.

A Alpargatas divulgou ainda seus resultados ajustados ao efeito de “cut off”, que é a diferença no resultado contábil provocada pelo fato de que o faturamento das vendas só acontece após o recebimento das cargas pelo cliente.

No trimestre, a companhia considerou que o efeito foi muito acima do normal.

Desconsiderando esse impacto, a receita da Alpargatas no trimestre teria recuado 9,6% ante igual período do ano anterior, para R$ 899 milhões e o Ebitda cairia 16,4%, para R$ 88,4 milhões.

Veja também