Lucro do Itaú cresceu 19,97% este ano

O maior banco privado do país informou que teve lucro líquido de R$ 17,662 bilhões nos nove primeiros meses do ano

Rio de Janeiro – O Itaú, maior banco privado do país, informou nesta terça-feira que teve um lucro líquido de R$ 17,662 bilhões (cerca de US$ 4,632 bilhões) nos nove primeiros meses de 2015, um aumento de 19,97% em relação ao mesmo período do ano passado.

Durante os primeiros meses de 2014, o Ebtida – lucro após impostos – da entidade bancária foi de R$ 14,722 bilhões de reais.

O lucro líquido, de R$ 5,945 bilhões em seu balanço trimestral (de julho a setembro) representa um aumento de 10% em relação ao mesmo período de 2014, quando foi de R$ 5,404 bilhões, e uma ligeira queda de 0,65% em comparação com o segundo trimestre de 2015.

Este crescimento se deveu, segundo o relatório divulgado pelo Itaú, às melhoras na margem financeira com os clientes (16,9%) e com os mercados (121,5%), em relação aos primeiros nove meses do 2014.

A carteira de crédito, por sua parte, fechou em 30 de setembro em R$ 590.674 milhões, 4,3% acima do acumulado até 30 de junho deste ano e 10,1% a mais que a registrada até o terceiro trimestre de 2014.

O Itaú tinha no final de setembro R$ 1,322 trilhões em ativos, um aumento de 14,26% comparado ao mesmo período de 2014 e de 7,49% em relação a junho de 2015.

O patrimônio líquido total no final do terceiro trimestre de 2015 era de R$ 103,353 bilhões, um aumento de 13,85% comparado com setembro do ano passado e de 2,62% com junho de 2015.

O Bradesco, principal concorrente do Itaú entre os bancos privados, anunciou semana passada que teve lucro líquido de R$ 12,837 bilhões nos três primeiros semestres de 2015, um crescimento de 15,7% frente a 2014.