Lucro da GM mais que dobra no 2º trimestre, para US$ 2,9 bi

Lucro da GM mais que dobrou no 2º trimestre e atingiu US$ 2,9 bilhões

Nova York – A General Motors informou hoje que seu lucro líquido deu um salto de 157% no segundo trimestre ante igual período do ano passado, a US$ 2,9 bilhões, graças à forte demanda por veículos utilitários esportivos (SUVs) e caminhões.

Já o lucro operacional da GM foi equivalente a US$ 1,86 por ação no último trimestre, superando de longe a previsão em Wall Street, de US$ 1,49 por ação. Também na comparação anual, a receita da montadora norte-americana avançou 11%, a US$ 42,4 bilhões.

Às 9h18 (de Brasília), as ações da GM subiam 4,4% nos negócios do pré-mercado em Nova York.

A GM registrou margem operacional global de 9,3% no período. Apenas na América do Norte, a margem foi de 12,1%.

Na Europa, a empresa teve lucro de cerca de US$ 100 milhões no trimestre, o primeiro resultado positivo na região desde 2011. Na China, a margem operacional caiu um pouco em relação a um ano antes, a 9,5%, mas o desempenho da GM no maior mercado do mundo permaneceu estável.

A GM também elevou sua previsão de lucro por ação em 2016, para o intervalo de US$ 5,50 a US$ 6,00.

Por outro lado, a GM ressaltou que incertezas criadas pela vitória do Brexit – a decisão do Reino Unido de votar por sua saída da União Europeia, no mês passado – tiveram impacto negativo na libra esterlina, o que poderá prejudicar a produção e vendas no mercado britânico.

A montadora calcula que isso poderá lhe custar até US$ 400 milhões e comprometer sua meta de se tornar lucrativa na Europa este ano.

Fonte: Dow Jones Newswires.