Lucro da CPFL cai 1,8% no 1º tri, para R$405 mi

O resultado reflete, segundo a empresa, uma maior despesa com aquisição de energia e encargos, por conta do despacho térmico mais acentuado ocorrido no trimestre

São Paulo - A <strong><a href="http://exame.abril.com.br/topicos/cpfl" target="_blank">CPFL</a></strong> Energia teve lucro líquido de 405 milhões de reais no primeiro trimestre, leve queda de 1,8 % na comparação anual, informou a companhia nesta quinta-feira.</p>

O resultado reflete, segundo a empresa, uma maior despesa com aquisição de energia e encargos, por conta do despacho térmico mais acentuado ocorrido no trimestre, e também devido a uma maior despesa com depreciação e amortização relacionada a projetos da CPFL Renováveis.

A receita operacional líquida destacada pela empresa subiu 10,7 %, para 3,457 bilhões de reais no período.

As vendas da área de concessão da companhia cresceram 4 % nos três primeiros meses do ano, puxadas pelos segmentos residencial e comercial, que subiram 8,3 % e 6,3 %, respectivamente.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou 1,05 bilhão de reais, avanço de 7,8 % no período.

Os investimentos caíram 3,7 % de janeiro a março e fecharam o trimestre em 532 milhões de reais.