Light lucra R$121,5 mi no 3º trimestre

A companhia que atua nos segmentos de geração, distribuição e comercialização de energia, teve receita líquida de 1,737 bilhão de reais no trimestre

São Paulo/Rio de Janeiro – A Light teve um lucro líquido de 121,5 milhões de reais no terceiro trimestre, numa alta de 44,1 por cento, na comparação anual, impulsionada pelo crescimento do mercado e redução nas provisões.

Considerando o aporte da CDE, homologado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) na revisão tarifária, o lucro líquido da Light foi de 321,5 milhões de reais, alta anual de 282,1 por cento.

A média de estimativas de cinco analistas consultados pela Reuters apontava para lucro de 145 milhões de reais.

A empresa de energia também informou na noite de sexta-feira que seu Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) consolidado subiu 161,1 por cento para 722 milhões de reais de julho a setembro.

Analistas, em média, estimavam Ebitda de 420,9 milhões de reais para Light.

A companhia que atua nos segmentos de geração, distribuição e comercialização de energia, teve receita líquida de 1,737 bilhão de reais no trimestre, um crescimento de 0,6 por cento.

Desconsiderando a receita de construção, que tem efeito neutro no resultado, a receita líquida consolidada aumentou 3,8 por cento, totalizando 1,615 bilhão no terceiro trimestre.

Segundo a Light, o resultado foi impulsionado pelas atividades de geração e comercialização, influenciadas pela venda de energia no mercado livre a preços mais elevados, em substituição aos contratos antigos de venda de energia para o mercado regulado.

A companhia reduziu os custos e despesas em 28,2 por cento no período.