Justiça da França investiga Fiat por fraude em emissões

A nova investigação se soma às abertas na França contra as montadoras Volkswagen e Renault

Paris – A Promotoria de Paris abriu uma investigação contra a Fiat para determinar se a montadora instalou dispositivos para manipular as emissões de poluentes em seus motores a diesel, informaram à Agência Efe fontes judiciais.

A investigação preliminar, conduzida por três juízes, foi aberta no último dia 15 de março após a divulgação de um relatório do órgão antifraude ligado ao Ministério da Economia (DGCCFR).

A nova investigação se soma às abertas na França contra as montadoras Volkswagen e Renault.

Como nos casos anteriores, a Justiça quer determinar se a companhia manipulou os equipamentos de emissão de gases dos veículos a diesel nos testes laboratoriais para que mostrassem níveis inferiores aos produzidos nas ruas.