Investigação aponta uso de software fraudulento em carros da PSA

Segundo o jornal francês Le Monde, o suposto software foi usado em cerca de 2 milhões de veículos vendidos pela fabricante de automóveis

Paris – Uma investigação francesa sobre fraudes em emissões pelo PSA Group e outras montadoras apontou que o suposto software foi usado em cerca de 2 milhões de veículos vendidos pela fabricante de automóveis das marcas Peugeot e Citroen, informou o jornal Le Monde na edição desta sexta-feira.

Baseado em Paris, o grupo PSA nega o uso de qualquer ferramenta de software fraudulenta, reiterou o porta-voz em resposta à reportagem veiculada pelo jornal.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s