Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Indiana SpiceJet comprará 205 aviões Boeing por US$ 22 bilhões

Primeiras aeronaves, cujo modelo não foi especificado, serão entregues a partir de 2018

A companhia de baixo custo indiana SpiceJet anunciou nesta sexta-feira um contrato com o fabricante americano Boeing para a compra de até 205 aviões por um valor de 22 bilhões de dólares (20,6 bilhões de euros) ao preço do catálogo.

“É o maior contrato da SpiceJet, um dos maiores da aviação indiana e o maior para a Boeing na Índia”, declarou Ajay Singh, o presidente da SpiceJet, em uma coletiva de imprensa em Nova Délhi.

Os primeiros aviões, cujo modelo não foi especificado, serão entregues a partir de 2018.

Em 2014, a SpiceJet teve muitas dificuldades financeiras e foi obrigada a cancelar 2.000 voos para limitar as perdas.

“Uma mudança de situação como a nossa tem poucos equivalentes no mundo e estamos orgulhosos disso”, disse Singh.

“A SpiceJet registrou sete trimestres consecutivos de lucros, nosso melhor resultado”, acrescentou.

O vice-presidente da Boeing, Ray Conner, disse, por sua vez, que a empresa se orgulha de “continuar uma associação de mais de uma década com a SpiceJet”.

A frota da maioria das companhias aéreas indianas é formada por aviões A380 do fabricante europeu Airbus, razão pela qual este contrato é muito importante para a Boeing, indicaram especialistas.

A SpiceJet, cuja sede se encontra em Gurgaon, subúrbio de Nova Déli, é a quarta companhia aérea mais importante da Índia com 12,8% do mercado de transporte de passageiros.