Herdeiro do Sendas não recebeu valor pago por Pão de Açúcar

Segundo Valor Econômico, neto do fundador da empresa até hoje não recebeu parte do valor de que teria direito pela venda do Sendas ao Pão de Açúcar

São Paulo – A venda do Sendas para o grupo Pão de Açúcar ainda é caso para ser discutido na Justiça. Isso porque, um dos herdeiros da varejista alega que não recebeu o que seria seu de direito pela operação e está cobrando sua parte judicialmente. As informações são do jornal Valor Econômico, desta quarta-feira.

De acordo com a reportagem, o Pão de Açúcar deve ser notificado em breve sobre o caso. João Arthur Mello Sendas, filho de João Antônio Sendas, que faleceu há cerca de dez anos e é um dos quatro filhos do fundador da varejista, entrou com um processo contra seus três tios para tentar receber sua parte na operação.

Em 2003, o Pão de Açúcar comprou 60% do grupo Sendas e, em 2011, após muita discussão na Justiça, comprou os 40% restantes da varejista por 377 milhões de reais, mas, segundo uma fonte ouvida pelo Valor, João Arthur ainda não recebeu sua parte no negócio.

O herdeiro mora fora do Brasil e até a morte de seu avô, João Antônio Sendas, que fundou a varejista que leva seu nome, teve alguns de seus pagamentos custeados por ele, mas, depois que o empresário veio a falecer, um de seus tios cortou a regalia.