Grupo holandês entra na Justiça contra Volkswagen sobre emissões

Ação judicial trata do uso de software projetado para ocultar o verdadeiro nível de emissões de óxido de nitrogênio causadas por seus carros a diesel

Amsterdã – Um grupo holandês que representa 180 mil proprietários de Volkswagen disse que estava preparando uma reivindicação contra a fabricante de automóveis alemã sobre o uso de software da empresa projetado para ocultar o verdadeiro nível de emissões de óxido de nitrogênio causadas por seus carros a diesel.

A Volkswagen Car Claim Foundation disse que decidiu dar o passo após as discussões desde 2015 com a Volkswagen, a Bosch e as concessionárias de automóveis holandesas que venderam carros com o software tornarem-se infrutíferas.

A lei holandesa tem um procedimento de reclamações em massa semelhante aos processos de ação coletiva nos Estados Unidos, onde a Volkswagen está pagando bilhões de dólares em multas regulatórias, consertos técnicos e compensação para motoristas.

A Fundação Holandesa disse que estava em negociações com grupos de reclamações de consumidores na Alemanha, Áustria e Suíça, entre outros, para participar de uma ação europeia contra a Volkswagen.