GM vai explicar dinâmica de seus negócios à equipe de Trump

Para os cerca de 700 mil veículos que a GM montou no México no ano passado, cerca de 70% das partes usadas foram feitas nos EUA, afirmou o executivo

Nova York – A General Motors está disposta a compartilhar detalhes da dinâmica de seu negócio com a equipe do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou o diretor das operações da GM na América do Norte, Alan Batey.

Segundo Batey, algumas nuances foram perdidas na recente discussão sobre empregos no setor automotivo e as importações dos EUA.

Para os cerca de 700 mil veículos que a GM montou no México no ano passado, cerca de 70% das partes usadas foram feitas nos EUA, afirmou o executivo.

“Todo mundo está reagindo excessivamente a um tuíte”, disse, referindo-se a declarações de Trump no Twitter contrárias à construção de fábricas no México e não em território de seu próprio país.

“Quando nos sentarmos e mostrarmos a complexidade de nosso negócio, o tempo de espera de nossa tomada de decisão, eu acho que se verá um quadro muito, muito diferente”, afirmou o executivo.

Fonte: Dow Jones Newswires

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. antonio carlos

    EUA + TRUMP RACISTA > > Ameaças do ariano racista do Ditador fascista PUTINKGB contra empresas que investem na America latina tem que se explicar. Trump ter um AVC não vai , então esperar sua 1ª traição contra o ocidente. ele não é capitalista e sim um caudilho fascista.